Veco Noticias

Durante assalto, mulher é torturada, tem cabelos raspados e, no cativeiro, é obrigada ver marido sendo esfaqueado

Um crime bárbaro foi registrado na noite de ontem, sexta-feira (11), no município de Sarandi. Uma mulher, junto ao marido, foi vítima de assalto e passou por momentos de tensão nas mãos dos meliantes.
O fato ocorreu no Jardim Verão, sendo que a vítima foi libertada com o auxílio das equipes da Polícia Civil e Guarda Municipal, após o marido, esfaqueado, conseguir pedir ajuda.
De acordo com a Polícia Civil, a vítima em companhia do marido foram abordados por três traficantes por volta das 14h e levados até uma residência onde foram agredidos.
Durante as agressões, o esposo, de 27 anos, foi esfaqueado. Os criminosos obrigaram a vítima tomar banho e ir buscar ajuda médica. Ferido, ele procurou ajuda em um bar na Avenida Curitiba, no Jardim Cometa.
A equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados e encaminharam o rapaz, com ferimentos no tórax, braço, ombro e costas, ao Hospital Universitário.
Um crime bárbaro foi registrado na noite de ontem, sexta-feira (11), no município de Sarandi. Uma mulher, junto ao marido, foi vítima de assalto e passou por momentos de tensão nas mãos dos meliantes.
O fato ocorreu no Jardim Verão, sendo que a vítima foi libertada com o auxílio das equipes da Polícia Civil e Guarda Municipal, após o marido, esfaqueado, conseguir pedir ajuda.
De acordo com a Polícia Civil, a vítima em companhia do marido foram abordados por três traficantes por volta das 14h e levados até uma residência onde foram agredidos.
Durante as agressões, o esposo, de 27 anos, foi esfaqueado. Os criminosos obrigaram a vítima tomar banho e ir buscar ajuda médica. Ferido, ele procurou ajuda em um bar na Avenida Curitiba, no Jardim Cometa.
A equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e os socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados e encaminharam o rapaz, com ferimentos no tórax, braço, ombro e costas, ao Hospital Universitário.
Policiais, civis, militares e agentes da Guarda Municipal, passaram a realizar diligências e já no início da noite, equipes da Guarda Municipal e Polícia Civil localizaram o cativeiro onde a mulher estava sendo mantida em poder dos traficantes.
Até a publicação desta reportagem, oito pessoas haviam sido presas por envolvimento no crime. O crime estaria relacionado a uma dívida relacionada ao tráfico de drogas.
A mulher relatou aos investigadores que ela viu o marido sendo esfaqueado e que no momento em que os criminosos raspavam sua cabeça, eles riam e faziam várias ameaças. “Eu já matei meu pai, não vou matar você, se seu marido morrer você morre também” disse a vítima.
Ainda segundo ela, há cerca de nove anos atrás ela viu o primeiro marido sendo executado a tiros, e por esse motivo acabou caindo no vício das drogas.
Na casa dos traficantes foram apreendidos, maconha, crack, balança de precisão e uma faca utilizada para bater na mulher.
De acordo com o delegado doutor Adriano Garcia, graças a ação rápida das forças de segurança, os envolvidos neste crime bárbaro foram presos e um possível homicídio foi evitado. Ainda de acordo com o delegado, a vítima relata que os bandidos roubaram cerca de R$ 1 mil reais dela.

As informações e fotos são do Plantão Maringá

 

Rolar para cima