Veco Noticias

Vestibular UEL: Você sabe o que é um pirômetro e como ele mede a temperatura? Veja dicas para a prova de física


Professores de física apostam que o tema vai cair em uma das questões do processo seletivo. Provas serão realizadas no dia 30 de maio. Prepara: confira as dicas para a prova de física
No último ano, com a pandemia, passamos a usar muito os termômetros, principalmente o pirômetro, que mede a temperatura pela irradiação térmica da superfície. Eles se tornaram parte da nossa rotina e os estudantes devem ficar atentos a isso também.
Quem for prestar o vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no dia 30 de maio, deve estudar sobre o funcionamento dos termômetros. Isso porque os professores apostam que ele estará em uma das questões da prova.
Com a pandemia, o pirômetro é o instrumento que tem sido usado para detectar um dos sintomas da Covid-19 em lojas, mercados. Mas como é possível medir a temperatura de alguém sem encostar na pessoa?
Segundo o professor Augusto Ricci, tudo se baseia pela lei de Stefan Boltzmann.
“Ela diz que a intensidade de radiação emitida é diretamente proporcional a temperatura quarta potência. Quanto maior a temperatura, maior a intensidade de radiação, porque ela é elevada a quarta potência. Então, o candidato tem que ficar atento a essas relações de intensidade com temperatura”, disse.
Lei de Stefan Boltzmann pode ser tema de alguma das perguntas do vestibular da UEL.
Reprodução/RPC Londrina
Mas o termômetro emite radiação? Isso pode ser assunto de alguma das questões do vestibular? A onda eletromagnética do pirômetro pode afetar a gente?
“Ela é uma onda eletromagnética que tem uma energia e frequência relativamente baixa, então teoricamente não faz mal para a nossa pele em si”, disse o professor Robson Antônio.
Pirômetro pode ser assunto de prova do vestibular da UEL.
Reprodução/RPC Londrina
Segundo os professores, o infravermelho é uma onda eletromagnética. Mas o pirômetro não emite radiação, pelo contrário.
“O que tem que ficar claro é que quem emite radiação somos nós. Do termômetro não sai nada, ele apenas entra a radiação e ele mede a temperatura”, explicou o professor Augusto.
O candidato também precisa ficar atento a conversões. Porque isso cai muito na prova, segundo os professores. Como mudar os valores de Celsius para Kelvins por exemplo.
VÍDEOS: Mais assistidos no G1 Paraná
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Rolar para cima