Veco Noticias

RS chega a 20.499 óbitos por Covid; média móvel de mortes tem queda

Neste domingo (4) foram registradas 63 outras mortes. Secretaria da Saúde contabiliza 3.269 internados em UTI e 1,26 milhão de vacinados contra a doença. O Rio Grande do Sul contabilizou, neste domingo (4), mais 63 mortes decorrentes da Covid-19. Com isso, o estado chega a 20.499 óbitos provocados pela doença em pouco mais de um ano de pandemia.

Veja como está a situação da Covid na sua cidade

Com os novos registros, a média móvel dos últimos sete dias foi de 240 mortes (veja gráfico abaixo). Na comparação com as últimas duas semanas, a redução de óbitos foi de 18%.

Como o índice é superior a 15%, há tendência efetiva de queda do número de vidas perdidas. A última vez que o RS registrou baixa na quantidade de mortes foi em 8 de fevereiro. Na ocasião, o estado havia ultrapassado a marca de 11 mil óbitos por coronavírus.

Os dados deste domingo foram atualizados pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) no início da tarde. Do total de mortes, 48 ocorreram nos primeiros três dias de abril. As outras 15 são de março.

A SES ainda contabilizou 895 novos casos de coronavírus no RS, somando 860.136 pessoas infectadas. Do total, 95,8% estão recuperados, 1,8% estão em acompanhamento e 2,4% morreram.

Às 16h07 da tarde de domingo, as UTIs do estado registravam ocupação de 96,5%, com 3.271 pacientes internados em 3.387 leitos.

Do total de pessoas atendidas nas unidades de terapia intensiva, 2.558 delas, o equivalente a 75,5%, estavam intubadas em respiradores. A taxa de ocupação dos leitos críticos no SUS é 91%. Já nos hospitais privados, o índice é de 111%.

Nos leitos clínicos, há 3.894 pessoas com Covid-19 sendo atendidas em quase 8,2 mil vagas

O Rio Grande do Sul já somou 1.260.371 vacinadas em primeira dose contra o coronavírus, o que representa 11,1% da população total do estado e 24,8% dos grupos prioritários, conforme a SES. Outras 310.951 pessoas já receberam a segunda dose, 2,74% da população.

VÍDEOS: Tudo sobre o RS

Rolar para cima