Veco Noticias

Quatro unidades de saúde de Londrina passam a atender exclusivamente casos de Covid-19


A partir desta segunda-feira (7), município conta com nove Unidades Básicas de Saúde para casos suspeitos e confirmados da doença. Cidade registra superlotação em hospitais. UBS Vila Cassoni, em Londrina
Vivian Honorato/Prefeitura de Londrina
Quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Londrina, na região norte do Paraná, passam a atender exclusivamente casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, a partir desta segunda-feira (7).
A mudança faz parte de uma reestruturação na saúde proposta após uma reunião entre a prefeitura e o Ministério Público do Paraná.
Com a alteração, nove Unidades Básicas de Saúde passam a fazer o atendimento da doença, das 7h às 19h. Veja a seguir:
UBS Milton Gavetti
UBS Vila Casoni
UBS Ernani Moura Lima
UBS San Izidro
UBS Chefe Newton
UBS Maria Cecília
UBS Bandeirantes
UBS Vila Ricardo
UBS Guanabara
A principal unidade de saúde que está atendendo casos de Covid-19 é a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, que tem registrado superlotação nos últimos dias.
No domingo (6), 55 pessoas aguardavam por atendimento ou internação, de acordo com a prefeitura.
Apesar da UPA do Sabará não ter estrutura para internamento, o atendimento está recebendo pacientes, já que não há vagas nos hospitais.
Além da mudança no atendimento, a prefeitura anunciou mais 40 leitos de enfermaria, novas 1.290 vagas de atendimento por dia e mais médicos.
VÍDEOS: Paraná
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Rolar para cima