Veco Noticias

Jovem motociclista morre após ser atingido por carro em Querência do Norte


Amigos e familiares de Raphael Moreno Fernandes, que tinha 20 anos e uma filha de 3 meses, afirmam que o motorista do carro participava de um racha pouco antes do acidente. Polícia Civil abriu investigação sobre o caso e analisará imagens de câmeras de segurança para definir se o veículo estava ou não em alta velocidade. Carro atingiu motociclista de 20 anos em Querência do Norte
Paulo Henrique Lopes Marson/Arquivo pessoal
Um motociclista, de 20 anos, morreu após ser atingido por um carro em Querência do Norte, no noroeste do Paraná. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso.
Raphael Moreno Fernandes estava trabalhando como entregador, na noite de sábado (8), quando foi atingido por um carro. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Amigos e a familiares do motociclista, que deixou uma filha de 3 meses, afirmam que o carro que atingiu a moto de Raphael participava de um racha momentos antes do acidente e que o condutor estava embriagado.
Imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas pela Polícia Civil. Elas, supostamente, mostram o carro envolvido no acidente em alta velocidade duas quadras antes da rua onde aconteceu a batida.
Polícia Civil analisa imagens de câmeras de segurança que mostram o suposto carro envolvido no acidente
Divulgação
Essas imagens serão periciadas para atestar ou não se o carro era do motorista envolvido no acidente e qual era a velocidade do veículo antes da batida, ainda segundo a polícia.
O motorista não foi preso após o acidente. O delegado Luciano Dias detalhou que, na noite de sábado, o homem prestou depoimento e foi liberado após o caso ser definido como homicídio culposo no trânsito. O condutor permaneceu no local da batida e prestou socorro,de acordo com a Polícia Civil.
O delegado Luciano Dias afirmou ainda que não foram analisadas “as circunstâncias de embriaguez e o racha no momento inicial da ocorrência”.
A Polícia Civil deve ouvir testemunhas sobre o caso nos próximos dias. O inquérito tem prazo para ser concluído em 30 dias.
Raphael Moreno Fernandes trabalhava como motoboy na hora do acidente
Arquivo da família/Divulgação
Amigos e familiares do motociclista afirmam que motorista do carro estava em alta velocidade antes do acidente
Paulo Henrique Lopes Marson/Arquivo pessoal
Vídeos do G1 Paraná
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Rolar para cima