Veco Noticias

Com reforma quase um ano atrasada, UBS de Londrina improvisa atendimento dentro de escola municipal


Profissionais de educação e saúde dividem espaço enquanto a reforma no posto de saúde não é concluída. Segundo a prefeitura, empresa responsável não concluiu contrato e uma nova licitação será retomada até o final de abril. Posto de saúde é improvisado dentro de escola municipal, em Londrina
Reprodução/RPC
Por causa de uma obra que está quase um ano atrasada, os atendimentos da Unidade Básica de Saúde Vila Brasil, em Londrina, no norte do Paraná, estão sendo improvisados dentro de uma escola municipal que fica no terreno vizinho ao posto de saúde.
Por causa do atraso, profissionais de educação da escola e de saúde que trabalham na UBS precisam dividir o espaço.
A obra começou em janeiro de 2020 e estava prevista para ser concluída em maio de 2020. A empresa responsável, no entanto, não terminou o serviço e abandonou o contrato.
Reformas no posto de saúde em Londrina começaram em janeiro de 2020
Reprodução/RPC
Segundo o secretário municipal da Saúde de Londrina, Felippe Machado, o processo de licitação para escolher uma nova empresa para assumir a reforma deve ser retomado até o final de abril.
“Tivemos que fazer uma nova licitação e estamos neste processo”, afirmou o secretário.
Apesar da obra parecer concluída para quem vê a unidade por fora, há a necessidade de fazer instalações hidráulicas e elétricas no interior do estabelecimento.
Improviso
Quase 19 mil moradores da região dependem do atendimento improvisado dentro da escola enquanto o problema não é resolvido.
Segundo os moradores, a estrutura da escola não se compara a um posto de saúde.
“Não tem uma sala para fazer uma coleta de sangue adequada, por exemplo, porque é uma estrutura de escola. Não tem como esperar que tenha uma estrutura como em outros postos de Londrina”, afirmou a moradora Eliana Aparecida Ubeda.
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR
Veja mais notícias da região em G1 Norte e Noroeste

Rolar para cima