Veco Noticias

Bandidos furtam enxoval de bebê enquanto mãe estava no hospital em trabalho de parto: ‘Pesadelo’

Todo o enxoval da criança foi levado, além de documentos, eletrodomésticos e o único material de trabalho que o marido possuía para sustentar a família. Caso ocorreu em Itanhaém, no litoral paulista. Família estava no hospital aguardando a chegada de bebê quando a casa foi invadida em Itanhaém, SP

Arquivo Pessoal

Uma mãe teve a casa invadida e furtada enquanto estava em trabalho de parto em Itanhaém, no litoral paulista. Em entrevista ao G1 neste domingo (4), Maria Eduarda Aleixo da Silva, de 20 anos, contou que todo o enxoval da criança, incluindo fraldas e lenços, foi levado, além de documentos, eletrodomésticos e o único material de trabalho que o marido possuía para sustentar a família.

Segundo Maria, ela entrou em trabalho de parto e foi para o hospital na última segunda-feira (29), e teve o bebê no dia 30, às 17h20. Após o parto, o pai da criança decidiu buscar as coisas do bebê e da mãe em casa, mas, chegando lá, encontrou o cadeado que fechava a casa quebrado.

Criminosos quebraram cadeado, invadiram residência e roubaram enxoval de bebê em Itanhaém, SP

Arquivo Pessoal

Ao entrar, o rapaz viu que, além de diversos eletrodomésticos, os criminosos levaram todo o enxoval do filho, além de documentos da família. Ele decidiu não contar de imediato para a esposa, com medo de que ela passasse mal. No entanto, na última quinta-feira (1º), Maria Eduarda viu mensagens no celular do marido relatando o ocorrido.

“Fiquei desesperada, porque a gente vai para o hospital e não espera que a casa da gente vá ser assaltada. Levaram as coisas do meu filho, fiquei muito triste”, desabafa. Além do enxoval da criança, os suspeitos furtaram um liquidificador, uma batedeira, um espremedor e uma televisão que o casal havia terminado de pagar em fevereiro.

De acordo com a vítima, o marido está desempregado e, para sustentar a família, utilizava uma máquina de cortar grama para conseguir alguns serviços. No entanto, o aparelho também foi levado.

No dia em que chegou em casa, o marido chamou a Polícia Militar e foi orientado a fazer um boletim de ocorrência. A história foi contada nas redes sociais, e algumas pessoas se solidarizaram e doaram cestas básicas e itens de enxoval, como fraldas e lenços.

Família que teve casa invadida tinha terminado de pagar prestações de TV em fevereiro

Arquivo Pessoal

Apesar do alívio em contar com a ajuda de pessoas desconhecidas e alguns amigos próximos, a mãe relata estar muito abalada com o ocorrido.

“Eu estava tão feliz, e agora parece que estamos em um pesadelo. Não consigo mais dormir tranquilamente, porque fico com medo. Tenho outra criança de 2 anos, também, e fico pensando ‘será que vão querer entrar de novo comigo aqui dentro?’. É muito triste”, conta.

Agora, com mais uma criança em casa, marido desempregado e sem vários itens domésticos, a família conta com a ajuda de doações e se esforça para reforçar a segurança do local.

“Agora, é cuidado redobrado, vamos colocar grades quando der. Eu vim do Maranhão tentar a vida em São Paulo. Essas coisas, a gente tinha acabado de conquistar, e eles levaram tudo, estou muito triste”, concluiu.

VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos

Rolar para cima