Veco Noticias

Aulas da rede estadual de ensino do Paraná voltam gradualmente em modelo híbrido a partir de segunda-feira (10), diz Ratinho Junior


Escolas estaduais estão com aulas remotas desde março de 2020. Retorno vai começar pelas cidades que já liberaram atividades presenciais na rede municipal. Ratinho Junior diz que retorno gradativo das aulas presenciais na rede estadual deve começar em 10 de maio, no Paraná
Reprodução/RPC
O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), afirmou nesta terça-feira (4) que as aulas da rede estadual de ensino vão voltar em modelo híbrido a partir de segunda-feira (10).
Segundo o governo, o retorno vai acontecer, inicialmente, em cidades que já voltaram com as atividades presenciais. De acordo com Ratinho, cerca de 100 cidades estão nesta situação.
O mapeamento final do retorno, no entanto, ainda está em discussão e deve ser anunciado nos próximos dias.
“Nós estamos vendo uma pressão psicológica na cabeça destes jovens por estarem distantes das escolas por um ano e meio praticamente”, afirmou o governador.
Mais de um milhão de alunos da rede estadual estão sem aulas presenciais desde março do ano passado. O retorno dos alunos à sala de aula chegou a ser adiado quatro vezes.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado
VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas
Segundo Ratinho Junior, 8 mil profissionais da educação que têm mais de 60 anos já foram imunizados, e o plano estadual prevê a vacinação de mais 32 mil profissionais de educação das redes estadual, municipal e privada.
De acordo com o governador, o retorno vai acontecer paralelamente com a vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da educação do estado.
O Governo do Paraná tem seguido o Plano Nacional de Imunização (PNI), porém, segundo esse plano, os professores não estarão no próximo grupo prioritário.
Ratinho Junior (PSD)
Reprodução/Youtube
Sindicato é contra o retorno
A APP-Sindicato, que representa professores e funcionários das escolas estaduais e também municipais de mais de 200 cidades do Paraná, não é favorável ao retorno presencial das aulas neste momento.
De acordo com o sindicato, não há condições estruturais nas escolas para qualquer retorno e também faltam profissionais para o acompanhamento dos estudantes.
Ratinho Junior diz que retorno gradativo das aulas presenciais na rede estadual deve começar em maio
Reprodução/RPC
Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Rolar para cima