Veco Noticias

Troca do diretor paraguaio da Itaipu é estratégia para país não ser mais obrigado a só vender a energia da usina ao Brasil

Vale ressaltar que, em 2020, o Brasil pagou pela energia que o Paraguai não usou 240,8 milhões de dólares

 

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, destacou, nesta segunda-feira (25), a capacidade e o compromisso do novo diretor-geral paraguaio de Itaipu, Federico González, que deixou o Ministério das Relações Exteriores para assumir o cargo na usina, em substituição a  a Ernest Bergen, que renunciou na semana passada por motivos pessoais, segundo a versão oficial.

O presidente defendeu que a renegociação com o Brasil será conduzida pela Presidência da República e pelo Ministério da Relações Exteriores paraguaio, lembrando que o conhecimento do Gonzalez, como ex-chanceler, será de extrema importância para essa “causa nacional”.

Redação Veco Noticias com informações Um olhar sobre tudo

Separamos Para Você

Rolar para cima