Veco Noticias

Japão: Suicídio matou mais em um mês que Covid em um ano

Casos podem estar ligados a problemas psicológicos provenientes da pandemia

 

Dados recentes divulgados pelo Japão apontam que o número de mortes por suicídio no país em apenas um mês supera os da Covid-19 durante todo o ano. O país asiático tem feito um trabalho eficaz contra a pandemia, e até agora registrou 2.057 mortes, ao passo que os casos de suicídio sofreram um aumento consecutivo por quatro meses, chegando a 2.153 somente em outubro.

Para Michiko Ueda, especialista no tema e professor da Universidade Waseda, em Tóquio, mesmo sem o lockdown, os números podem ser reflexo de problemas psicológicos causados pela pandemia.

– Isso indica que outros países podem ver um aumento similar ou ainda maior nos números no futuro – alertou ele.

O Japão é uma das poucas nações que divulgam índices de mortalidade por suicídio. Ao todo, mais de 17 mil japoneses tiraram suas vidas esse ano. Em comparação com outubro de 2019, houve um aumento de 600 casos, sendo esses maiores entre mulheres, que representam um terço do total.

Em 2016, o país já tinha quase que o dobro da média global em taxa de mortalidade por suicídio: 18,5 a cada 100 mil habitantes. No mesmo período, o Brasil possuía 6,5 casos a cada 100 mil pessoas.

A preocupação com o tema não se resume apenas ao Japão. A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que cerca de 800 mil pessoas tiram suas vidas a cada ano. É a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma das instituições que dão apoio emocional e trabalham para prevenir o suicídio. Para pedir ajuda, ligue para o número 188 ou acesse o site do CVV.

 

Separamos Para Você

Rolar para cima