Veco Noticias

Presidente argentino vai a Puerto Iguazú para anunciar novos rumos do turismo

Reabertura da fronteira com o Brasil não tem data prevista para ser anunciada; Argentina ultrapassou 1 milhão de casos e 27 mil mortes por covid-19.

 

O anúncio da próxima extensão do isolamento social preventivo e obrigatório (ASPO) na Argentina, deve começar na segunda-feira (26). A ideia seria aproveitar a visita do presidente Alberto Fernández a Misiones para dar as diretrizes no combate à pandemia.

O que está previsto é que o presidente viaje diretamente para Puerto Iguazú, onde há expectativa de que se antecipe o início da temporada turística. Na quinta-feira (22) chega o primeiro voo doméstico à cidade e na sexta-feira (23) a Posadas, duas tão esperadas rotas que fazem parte do plano piloto lançado pelo Governo Argentino para reconectar o país, com protocolos de biossegurança.

Lá, no mesmo aeroporto, o Presidente está avaliando dar uma entrevista coletiva que inclui a mensagem em relação à pandemia e a nova ASPO, que neste caso será realizada no contexto que a Argentina ultrapassou um milhão de casos (1.118.999 casos positivos, mais precisamente) e 27.100 mortos, dois números que definitivamente ninguém imaginava serem possíveis na Casa Rosada no dia 19 de março, quando foi anunciada a primeira fase da quarentena.

Em Misiones, está prevista a transferência de Fernández para o município de Capioví, no centro da província, onde será inaugurada uma via provincial e também um hospital que começou a ser construído em 2017, mas que em 2019 estava parcialmente paralisado. Com recursos nacionais, o novo hospital retomou suas obras e será totalmente concluído em 2021, segundo o governador Oscar Herrera Ahuad em declarações à mídia local. O restante da agenda ainda não foi encerrado e ainda não se sabe se o Presidente voltará a Puerto Iguazú para voltar a Buenos Aires ou se irá direto de Posadas.

Portal da Cidade Foz

Separamos Para Você

Rolar para cima