Veco Noticias

Menino morre após ser diagnosticado com “ameba comedora de cérebro”

A morte do garoto acendeu um alerta para o abastecimento de água em oito cidades americanas.

 

Um menino de oito anos morreu em Houston, nos Estados Unidos, após ser diagnosticado com uma “ameba comedora de cérebro”. Josiah McIntyre sentiu dores de cabeça, vômito e febre antes de ser levado para um hospital no Texas.

Segundo a rede CBS, a morte do garoto acendeu um alerta para o abastecimento de água em oito cidades americanas.

A Comissão de Qualidade Ambiental do Texas emitiu um comunicado aos residentes atendidos pela companhia de água Brazosport Water Authority alertando os clientes para não usarem água devido à presença da ameba Naegleria Fowleri. Testes de laboratório encontraram a ameba em uma mangueira de água na casa do menino.

Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), a ameba comedora de cérebro é frequentemente encontrada no solo, lagos quentes, rios e fontes termais. Também pode ser encontrado em piscinas mal conservadas ou sem cloro e em descargas de água quente de plantas industriais. A recomendação é que os moradores fervam a água antes de utilizá-la.

De acordo com o CDC, 145 pessoas foram infectadas com a ameba de 1962 a 2018 e apenas quatro sobreviveram.

Fonte: Metrópoles

Separamos Para Você

Rolar para cima