Veco Noticias

PEREGRINOS ELEITOS

“Pedro apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos que são forasteiros da dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, eleitos, segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo, graça e paz vos sejam multiplicadas.” (1ª Epistola de Pedro 1.1-2)

Pedro escreveu sua primeira carta aos cristãos que estavam em uma região extensa do mundo antigo que hoje conhecemos como Turquia. Ele estava em Roma quando a escreveu (5.13) e tratou seus destinatários como forasteiros dispersos (1.1) que estavam sofrendo injúrias e insultos por causa da fé em Cristo (1.6-7; 3.13-17; 4.12-19; 5.9-10).

O apóstolo visava instruí-los quanto à conduta cristã adequada diante das acusações, bem como da dadiva da salvação que se completará na volta de Cristo. Seu objetivo foi encoraja-los a se manterem fieis tendo bom comportamento diante dos seus difamadores. Isso traz algumas lições importantes para nossa vida cristã enquanto aguardamos a volta do Senhor:

1) Atente-se para o que os apóstolos disseram. Pedro, apóstolo de Jesus Cristo. A designação de apóstolo é usada de forma solene por se referir ao seu ofício. Pedro era um dos que andaram com Jesus e recebeu do Senhor autoridade para pastorear o rebanho. Este é o mesmo Pedro que num momento de fraqueza havia negado o Senhor diante dos homens (Mt.26.69-75).

Eis um homem que sabe o que é se sentir fraco ao ponto de ceder à sua fraqueza, mas depois de perdoado e restaurado fala com autoridade ao povo de Deus para permanecerem firmes na fé e não cometerem o mesmo erro que ele. As pessoas ouvem todo mundo, mas tapam os ouvidos quando o assunto é a Palavra de Deus.

Realmente no sofrimento queremos ouvir de alguém uma palavra que nos renove a esperança. O ser humano é assim, mas tome cuidado, para não dar ouvidos à outra voz que não seja a de Deus pela Palavra. Pedro foi usado para falar do Evangelho à igreja no primeiro século foi essa a mensagem dos apóstolos que hoje continua sendo proclamada aos corações através da igreja.

2) Atente-se ao status dos discípulos de Cristo. Pedro via-os como eleitos e peregrinos neste mundo. O apóstolo lembrou-os da posição segura e privilegiada, na qual se encontravam como objetos da escolha soberana de Deus, eterna e graciosa pelo sangue de Jesus. Chamou-os de forasteiros para que se lembrassem de que ali não era a pátria deles, mas estavam apenas de passagem por aquela terra.

Também, considerou-os concidadãos do mesmo reino celestial ao qual ele pertencia. Essa é uma lição muito importante para nós. Eles foram dispersos por causa da Palavra de Deus que estava transtornando o mundo.

Lembre-se de que o cristão está a caminho de casa. Sua pátria não é aqui. É assim que somos vistos pelo Senhor, estrangeiros, peregrinos numa terra que geme por causa do pecado. Nosso lar é com Cristo.

3) Atente-se para a condição cristã diante de Deus. Eleitos segundo a presciência de Deus, porque Deus decretou quem eles seriam antes da fundação do mundo. Em santificação do Espírito, porque a eleição é evidenciada por uma vida em santificação diante de Deus. Se não há santificação é porque não houve eleição.

Para obediência e aspersão do sangue de Jesus, porque tal obediência começa com a fé em Cristo. A eleição nos habilita a obedecer e isso é possível mediante o sangue de Jesus derramado sobre nós.

Pedro mostrou-lhes a identidade deles. Mesmo diante do sofrimento eles deveriam sempre se lembrar de que eram eleitos de Deus, santificados pelo Espírito Santo e salvos pelo sangue de Jesus derramado na cruz.

A paz no coração do cristão vem da salvação em Jesus Cristo, algo que foi planejado por Deus antes da fundação do mundo, executada pelo Filho e aplicada aos corações pelo Espírito Santo. Por fim, graça e paz sejam multiplicadas a vocês. Ele termina sua saudação expressando seu sincero desejo em favor dos que sofriam. Graça e paz é a melhor forma de manifestar o que se deseja para alguém, pois é pela graça que somos salvos e temos paz com Deus.

Lembre-se da sua identidade, eleito por Deus, santificado pelo Espírito e salvo pelo sangue de Cristo. As três pessoas da trindade envolvidas na nossa salvação e nos garantindo eterna redenção. Por que desistir se do céu Deus enviou seu Filho para nos salvar e seu Espírito para consolar o nosso coração nos momentos de sofrimento?

Deus te abençoe!

Fernando Junio

Pastor da Igreja Presbiteriana de Vera Cruz do Oeste

Separamos Para Você

Rolar para cima