Veco Noticias

Levantamento arqueológico contratado pela Copel gera apreensão no interior de Rondon

A presença de pessoas realizando escavações e marcações em áreas de terra na região da Linha Baitaca, interior de Marechal Cândido Rondon, vem causando apreensão na comunidade local. Uma informação que circula nas redes sociais dá conta de que foram encontrados vestígios de povos indígenas na região.

Alertado sobre o fato, o Sindicato Rural de Marechal Cândido Rondon buscou mais informações a respeito, constatando que realmente havia pessoas realizando levantamentos nesta região do município. Segundo o presidente do Sindicato, Edio Chapla, foi apurado tratar-se de uma empresa terceirizada da Copel para levantamentos arqueológicos para fins de licenciamento ambiental.

Segundo ele, isso foi confirmado pelo Sindicato junto a própria Copel, que estaria realizando um levantamento para a implantação de nova rede de alta tensão na área, obrigando este tipo de levantamento.  A informação é que de fato foram localizadas algumas antiguidades na área.

Edio Chapla orienta os agricultores que sempre exijam devida identificação de quaisquer pessoa que queira adentrar à propriedade rural. Um dos motivos da polêmica levantada foi justamente a falta de comunicação entre a empresa que realizou os levantamentos com os proprietários da área.

O texto que circula nas redes sociais diz o seguinte:

ALERTA:..Em Marechal Cândido Rondon, na data e ontem e hoje tem um grupo de fora, fazendo marcações e dizendo que foi encontrado objetos indígenas…estamos passando para alertar aqueles que moram na região de Marechal e até mesmo a nossa região no geral para ficarem atentos e impedirem a presença desses sujeitos, eles estão demarcando áreas com bandeiras e dizendo se tratar de área indígena. Quando tiver novas informações compartilho.

Separamos Para Você

Rolar para cima