Veco Noticias

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida

“A Mágica da Arrumação”, de Marie Kondo, é um livro que vem ensinando gente de todo mundo a organizar sua casa e sua vida. Por isso, se tornou best seller. Traduzida para muitos idiomas (inclusive o Português), a obra nos ajuda a abrir mão do que não é necessário e manter por perto apenas aquilo que “comovem” seu coração.

Incrível.club decidiu compartilhar com você os principais segredos revelados pelo livro.

Para começar, é preciso se desfazer de uma vez por todas daquilo que não precisa

Para arrumar sua casa, pare de mudar os objetos de lugar. O começo de tudo é compreender o que realmente merece continuar vivendo em sua casa. Só assim, você será capaz de abrir espaço para as coisas realmente suas, criando um verdadeiro espaço pessoal.

9. Pense: este objeto realmente proporciona alegrias?

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Pegue cada objeto nas mãos e pergunte-se: “Isto me dá alegria?” Mantenha somente aqueles que trazem emoções fortes e positivas. Esteja rodeado por coisas que deem segurança e força. Isso se aplica a tudo: de saias e suéteres a livros e fotografias.

8. Uma categoria de cada vez

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
O erro cometido por muita gente é arrumar um cômodo atrás do outro, encontrando sempre as mesmas coisas sem perceber quantas são no total. Marie Kondo aconselha reunir todos os objetos da mesma categoria e só depois decidir quais deles são necessários e quais são supérfluos. Desta forma, você ter uma ideia real do volume das coisas, guardando apenas o melhor. Por exemplo: seus livros. Procure todos pela casa (alguns podem estar em estantes, outros em sua biblioteca…), faça um balanço e aí decida. O mesmo vale para panelas, por exemplo.

7. Armazenamento vertical

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
O princípio do armazenamento criado por Marie é o vertical. Ao manter seus pertences desta forma, será impossível perdê-los por aí. Eles não ficam escondidos por baixo de várias outras coisas, além de ficarem muito bem arrumados, como visto aqui. Sem falar que as roupas mantêm melhor a forma e duram mais tempo.

6. Alimentos

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Muitos dos alimentos básicos são vendidos em caixas coloridas, latas, frascos ou garrafas. Todas juntas, estas embalagens criam uma espécie de “ruído informativo”, que ataca a pessoa assim que ela entra na cozinha. Ao esconder as etiquetas ou despejar alimentos em recipientes “limpos”, o “ruído” desaparece. E suas prateleiras ganharão outros ares, como vemos na imagem.

5. Roupa

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
O mais importante na hora de guardar roupas é definir tudo o que você usa na temporada atual. Para isso, os cabides são muito úteis. Separe as peças por tipo de cor, para evitar continuar comprando aquilo que já possui. O ideal é pendurar a roupa de forma que as compridas fiquem à esquerda, e as curtas, à direita. Isso criará a sensação de um guarda-roupa leve, como você pode ver.

4. Bolsas

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Limpe diariamente as bolsas que você usa. Assim, elas poderão “respirar” e, de quebra, será possível visualizar as coisas que não serão necessárias para o dia seguinte. Para manter a forma de suas bolsas, guarde uma dentro da outra. Outra vantagem desse método é a economia de espaço. Para os documentos necessários no dia a dia, faça uma caixa, mantendo-os sempre à mão. Com organizadores desse tipo, você ganhará muito espaço no guarda-roupa.

3. Fotos

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Um grande número de fotos é outra fonte de poluição visual. Para recordar de um ou outro momento de sua vida, basta imprimir uma ou duas fotos. Outra dica é evitar que os retratos acumulem poeira mas prateleiras ou móveis. Permita que elas alegrem sua visão todos os dias.

2. Livros

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Há duas categorias de livros de que você deveria se desfazer: aqueles que já foram lidos e aqueles que você há muito tempo deseja ler. Os primeiros já cumpriram sua função. E, ao começar a se desfazer dos segundos, terá mais clareza sobre se realmente quer guardá-los ou não. Mantenha em casa apenas os melhores livros, dignos da “calçada da fama”. 

1. Escritório

Faxina mágica: a arte japonesa de arrumar a casa e a vida
Seu escritório deve ser prático para o trabalho. Por isso, deve ser mantido em ordem, oferecendo todo o necessário ao alcance da mãe. Para atingir esse objetivo, porta-papéis e pastas serão de muita utilidade. Coisas assim organizam tanto o espaço pessoal que até favorecem a fluidez mental na hora de executar suas tarefas.

Separamos Para Você

Rolar para cima