Veco Noticias

Paraná registra primeira morte por dengue da nova temporada

Uma mulher de 31 anos morreu após complicações relacionadas à dengue em Nova Cantu, na região centro-oeste do Paraná. Foi a primeira morte relacionada ao vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti nesta temporada (o atual ciclo epidemiológico conta os casos a partir do dia 28 de julho).

De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), a vítima morreu no dia 17 de novembro. A mulher de 31 anos convivia com um quadro de anemia crônica. Doenças como essa são consideradas fatores de risco que podem agravar as complicações causadas pela dengue. Por isso, nestes casos, o cuidado precisa ser dobrado.

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (26) pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná confirmou um total de 330 novos casos. O município de Nova Cantu, onde foi registrada a primeira morte relacionada ao vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, concentra sozinho 135 casos.

O município de Quinta do Sol, também na região centro-oeste do Paraná, tem 78 casos de dengue confirmados. Cianorte, na região noroeste, também está em alerta: são 25 registros da doença desde o início da atual temporada.

PRIMEIRA MORTE POR DENGUE NO PARANÁ REFORÇA O ALERTA

Foram quatro meses desde o início do novo ciclo epidemiológico até a primeira confirmação de morte relacionada à dengue no Paraná. De lá pra cá, 1.564 casos foram confirmados.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, a dengue avançou mais de 26% em apenas uma semana.

A chegada dos dias mais quentes do ano também reforça os cuidados contra a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Ele transmite não apenas a dengue, mas também o zika e a febre chikungunya.

“A maioria dos focos está em ambientes domiciliares e precisamos de uma ação urgente de todos no combate ao mosquito Aedes aegypti”, afirmou o secretário da saúde Beto Preto.

Conforme a Sesa, são sete cidades em situação de epidemia:

  1. Nova Cantu
  2. Quinta do Sol
  3. Inajá
  4. Santa Isabel do Ivaí
  5. Ângulo
  6. Floraí
  7. Uniflor

Outras 10 cidades estão em situação de alerta:

  1. Lindoeste
  2. Juranda
  3. Douradina
  4. Indianópolis
  5. São Carlos do Ivaí
  6. Flórida, Munhoz de Mello
  7. Florestópolis
  8. Leópolis
  9. Uraí

De acordo com a Secretaria da Saúde do Paraná, na temporada passada, entre junho de 2018 e julho de 2019, foram registrados 22.946 casos de dengue e 23 mortes relacionadas à doença.