Veco Noticias

PF investiga origem das 2 toneladas de cocaína apreendidas em Guaratuba

Cerca de 2 toneladas de cocaína foram apreendidas neste sábado (20) durante uma ação do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais) da Polícia Militar do Paraná. Também foram encontrados 300 kg de maconha. As drogas estavam escondidas em uma marina particular de Guaratuba, no litoral do Paraná.

De acordo com a polícia, três pessoas foram presas em flagrante e levadas à Superintendência da Polícia Federal (PF) em Paranaguá. As apurações preliminares indicam que a cocaína e maconha seriam embarcadas rumo à Europa.

O BOPE foi acionado após receber uma denúncia anônima de que os responsáveis por um assalto a banco estavam escondidos nessa marina particular de Guaratuba. A suspeita foi descartada, mas no local foram encontradas as 2,3 toneladas de drogas.

A cocaína e a maconha estavam distribuídas em 40 bolsas, que estavam escondidas no sótão. A contagem oficial ainda não foi divulgada pela PM, que repassou o caso à Polícia Federal. As diligências continuam neste domingo (21) a fim de certificar que não há mais drogas escondidas no local.

Cocaína abasteceria o mercado europeu

Segundo a polícia, a cocaína e a maconha tinham como destino a Europa. As bolsas seriam transportadas para navios que estavam prestes a cruzar o Oceano Atlântico.

Junto às drogas foram apreendidas duas lanchas, assim como equipamentos de mergulho e aparelhos de monitoramento. Tudo indica que as drogas seriam carregadas nas lanças para, em alto mar, serem içadas aos navios que rumavam para a Europa.

Apenas três pessoas foram presas em flagrante, embora acredite-se que o grupo era maior e capaz de executar estratégias criminosas de alta complexidade. Os três homens, as duas lanchas, os 2.300 kg de drogas e os demais equipamentos apreendidos pelo BOPE foram encaminhados à PF de Paranaguá.

Paraná Portal

Separamos Para Você

Rolar para cima