Veco Noticias

Presa por desvios da prefeitura de Itaipulândia fazia movimentações desde 2018

A operação foi coordenada pela Delegacia de Combate à Corrupção, Núcleo de Foz do Iguaçu com apoio da divisão de Cascavel. As investigações começaram no mês passado quando uma funcionária da tesouraria da prefeitura de Itaipulândia, a cerca de 70 quilômetros de Foz do Iguaçu, notou uma movimentação diferente nas contas do município.

Esta mulher suspeita que foi presa em Cascavel de 46 anos de idade teria feito essas movimentações, e inclusive desde dezembro de 2018. A suspeita era uma contratada da prefeitura para analisar as contas principalmente os pagamentos que eram feitos aos fornecedores daquela cidade.

Segundo informações da própria Polícia, muitas movimentações financeiras de R$ 5 mil chegando a R$ 48 mil por mês foram feitas através das contas desta suspeita e também da irmã dela que teve a casa vasculhada a procura de documentos e também computadores, notebooks e pen-drives.

A mulher e todo o material apreendido na operação foram levados para a delegacia de São Miguel do Iguaçu que é a responsável também pela fiscalização na cidade de Itaipulândia. Segundo as informações obtidas na delegacia, até agora os policiais conseguiram averiguar um desvio de R$ 420 mil de dezembro de 2018 até agora.

Catve

Separamos Para Você

Rolar para cima