Veco Noticias

Athletico encara River pela final da Recopa: onde assistir e sete fatos do duelo

O Athletico enfrenta o River Plate nesta quarta-feira (21), às 21h30, na Arena da Baixada, pelo primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana. O duelo coloca o Furacão, campeão da Copa Sul-Americana 2018, frente aos argentinos, campeões da Libertadores 2018. Confira onde assistir e outras curiosidades do confronto abaixo:

TRANSMISSÃO

O jogo não será transmitido pela televisão. Será possível acompanhar apenas pelo DAZN, um serviço de streaming que detém os direitos de transmissão do torneio até 2022. A plataforma tem uma mensalidade de R$37.90, mas disponibiliza o primeiro mês de graça.

PREMIAÇÃO

Além do título esportivo, a disputa entre os maiores campeões continentais da última temporada vale bastante financeiramente. A Conmebol dará US$ 1,25 milhão ao campeão e de US$ 750 mil ao vice-campeão. Ou seja, o Athletico vai receber R$ 5,1 milhão caso vença o confronto, um valor bastante significativo para apenas dois jogos.

CERVEJA

Um dos grandes atrativos do jogo é a retomada da venda de cerveja na Arena. A decisão do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) suspende a proibição em vigor desde março de 2018, quando o Ministério Público do Paraná (MP-PR) ajuizou uma ação.

Já foram divulgadas imagens de Kaiser e Amstel na Arena, que também deve contar com algumas marcas artesanais.

O próprio clube vê a medida como um excelente negócio e divulgou uma chamada pelo Twitter. Além disso, o retorno da bebida pode gerar 600 empregos imediatos.

Vídeo incorporado

Athletico Paranaense

@AthleticoPR

Testando um negócio aqui pra amanhã. Cheguem cedo!
🍺🔴⚫️

345 pessoas estão falando sobre isso
ESPERANÇA DE GOLS
Marco Rúben marcou os três gols do Furacão contra o Boca Juniors. Foto: Geraldo Bubniak / AGB

Com 7 gols em 10 jogos, Marco Rúben segue sendo a principal arma do Furacão em 2019. O atacante argentino já conhece bem o ambiente de duelos internacionais: só na Libertadores deste ano, soma seis gols em seis jogos – é o artilheiro da competição ao lado de Adrián Martínez, do Libertad.

REECONTROS

Para apimentar ainda mais o confronto, Marco Rúben vai reencontrar o zagueiro Pinola. Eles foram companheiros no Rosário Central, mas tiveram diversos desentendimentos publicamente até a saída do defensor para o River.

Outro reencontro será de Lucho González com seu ex-clube. O jogador de 38 anos é um dos líderes do atual elenco athleticano, mas defendeu o River em dois momentos da carreira: de 2002 a 2005 e em 2015. Além disso, o técnico Marcelo Gallardo foi seu companheiro dentro das quatro linhas.

DESFALQUES

Por causa do episódio de doping, o zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho, titulares no time ideal de Tiago Nunes, ficam de fora. Com isso, Paulo André e Wellington devem iniciar jogando. Vale lembrar que o clube não foi punido pela Conmebol, apenas os atletas.

GIGANTE ARGENTINO

O Athletico vai confiante para a partida, principalmente pelas experiências recentes. O triunfo por 3 a 0 sobre o Boca Juniors na fase de grupos da Libertadores e até mesmo a derrota por 2 a 1 para o mesmo Boca mostrou a capacidade dessa equipe.

Agora, o desafio do Furacão é superar o outro gigante argentino em 2019 para seguir se firmando nos grandes embates continentais.

ESTREANTE

Será a primeira vez que o Rubro-Negro disputa o torneio, enquanto o River já conquistou esse título em duas ocasiões (2015 e 2016).

O jogo da volta está marcado para a outra quinta-feira (30), às 21h3o, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

FICHA TÉCNICA:

Data, hora e local: quarta-feira (21/05/2019), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba.

Arbitragem: Wilmar Roldán, auxiliado por Alexander Guzmán e John Alexander Leon. Daniel Fedorczuk será o responsável pelo árbitro de vídeo (VAR).

Athletico: Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães e Lucho González; Nikão, Rony e Marco Rúben. Técnico: Tiago Nunes.

River Plate: Armani, Mayada, Martínez Quarta, Pinola e Casco; Enzo Pérez, De La Cruz (Zuculini), Palacios e Ignacio Fernández, Matías Suárez e Pratto. Técnico: Marcelo Gallardo

Paraná Portal

Separamos Para Você

Rolar para cima