Veco Noticias

Final do Campeonato Paranaense: tudo que você precisa saber sobre Athletico x Toledo

Athletico e Toledo decidem quem será o campeão paranaense de 2019 neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada, em Curitiba. O time do oeste tem a vantagem após ter feito 1 a 0 na ida. O Athletico busca o bicampeonato estadual. E o cenário de 2019 lembra 2018. Assim como no ano passado, o Furacão precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença após ter levado 1 a 0 na ida. Vitória por um gol (2 a 1, 3 a 2, 4 a 3…) leva a disputa para os pênaltis. Para isso, Rafael Guanaes conta com força máxima.
O Toledo quer fazer história na Arena da Baixada. O clube do oeste busca seu primeiro título na história do Campeonato Paranaense. Após fazer 1 a 0 no domingo passado, o time de Agenor Piccinin tem a vantagem do empate. E o treinador deve promover apenas mudanças pontuais para levantar a taça na casa rubro-negra.
Athletico – Rafael Guanaes
O Athletico deve ter o reforço de dois jogadores do grupo principal: o volante Matheus Rossetto e o meia João Pedro. Eles entram nas vagas de Christian e Jaderson, respectivamente. O zagueiro Paulo André é dúvida – se ele não jogar, Zé Ivaldo entra. Marquinho e Bergson, com seis gols cada, estão garantidos. Ou seja, um provável Athletico tem Léo; Lucas Halter, Zé Ivaldo e Bambu (Paulo André); Khellven, Matheus Rossetto, Erick e Vitinho; João Pedro, Marquinho e Bergson.
Quem está fora: ninguém.
Toledo – Agenor Piccinin
O técnico Agenor Piccinin precisa promover uma mudança no ataque. Wainy, liberado pelo clube após se machucar durante a semana, fica fora. Marcelinho pode herdar a vaga na frente. O lateral-direito Adriano está recuperado, mas deve começar no banco de reservas. Com isso, um provável Toledo para a finalíssima conta com André Luiz; Everton, Eduardo Luiz Fandinho e Matheus Duarte; Jonathan, Revson, Khevin e Júlio Pacato; Eduardinho e Marcelinho.
Quem está fora: atacante Wainy, liberado após lesão.
Arbitragem
Rodolpho Toski Marques apita a partida entre Athletico e Toledo, com Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn nas bandeiras.
Toledo News

Separamos Para Você

Rolar para cima