Veco Noticias

Ex-governador do Paraná, Beto Richa, é preso pela terceira vez

Ação é desdobramento da Operação Quadro Negro.

 

O ex-governador do Paraná, Beto Richa, foi preso na manhã de terça-feira (19) pelo Gaeco (Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado), na capital do Paraná – Curitiba.

Vários mandados são cumpridos no Estado em desdobramento da Operação Quadro Negro que apura desvios de verbas públicas em obras realizadas em Colégios Estaduais. Os desvios devem superar os R$20 milhões.

A ação é coordenada pelo Gaeco e chefiada pelo Dr. Leonir Batisti, que preferiu, via telefone, não confirmar o número de mandados cumpridos no estado para não comprometer a operação.

Em outubro do ano passado – em desdobramento da Operação Quadro Negro – o juiz Eduardo Lourenço Bana, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, decretou o bloqueio de R$ 263 milhões da conta de 14 pessoas, entre elas o ex-governador Beto Richa e do ex-secretário da Casa Civil do Paraná, Valdir Rossoni. Só dá conta de Richa, na época, foram bloqueados R$ 27 milhões.

O ex-governador do Paraná já foi preso em outras duas oportunidades acusado envolvimento em esquemas em obras nas rodovias do Paraná e também em corrupção, lavagem de dinheiro, entre outros crimes apontados.

Prisões do ex-governador

Beto Richa foi preso a primeira vez em 11 de setembro, junto da esposa Fernanda Richa, do irmão Pepe Richa e o chefe de gabinete, Deonlison Roldo.

Nessa oportunidade, os envolvidos foram presos acusados de projetar pagamentos milionários ao grupo Odebrecht durante as obras de duplicação, manutenção e operação da rodovia estadual PR-323 na modalidade parceria público-privada.

A segunda prisão foi em 25 de janeiro pela Polícia Federal foi na 58ª fase da Operação Lava Jato e de acordo com as investigações, o ex-governador Beto Richa foi beneficiário de pelo menos R$ 2,7 milhões em propinas pagas em espécie pelas concessionárias de pedágio do Paraná e por outras empresas que mantinham interesses no governo.

Catve

Separamos Para Você

Rolar para cima