Veco Noticias

Ações compartilhadas visam oferecer suporte às agroindústrias familiares na região Oeste do Paraná

Uma série de reuniões está prevista para ocorrer nos próximos dois meses na região Oeste do Paraná, na área de abrangência da regional do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), de Toledo. O objetivo é o planejamento de ações compartilhadas com o a Cooperativa de Trabalho e Assistência Técnica do Paraná (Biolabore), que tem sede em Santa Helena e atende 29 municípios. A pauta principal compreende a assistência às agroindústrias familiares.

Pela Biolabore o trabalho é desenvolvido por intermédio de parceria com a Itaipu Binacional, dentro do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável. Em parceria com o Instituto Emater e administrações municipais, inspeções e vigilâncias sanitárias, o que se almeja é oferecer suporte aos produtores e proprietários de agroindústrias para se adequarem às normas de produção e comercialização.

Na última semana foi realizada uma reunião na sede regional Emater, com Secretaria de Agricultura e Inspeção Municipal, juntamente com a Biolabore, em Toledo. O intuito é a integração da assistência técnica para dar suporte às agroindústrias do município, a tecnóloga em alimentos da Biolabore, Débora Guerino Boico.

Planejamento conjunto

O planejamento de ações conjuntas é importante para o suporte em toda a regional do Instituto Emater, segundo o presidente da Biolabore, Douglas Kunz. “Além da reunião em Toldedo, outras agendas devem ser executadas nos municípios da região, principalmente com secretarias de agricultura e educação, inspeções municipais e vigilâncias sanitárias. Encontros com os produtores também serão feitos”, ressalta.

O trabalho com os produtores consiste de abordagem às necessidades de cada agroindústria. Cada instituição, conforme Kunz, cumprirá as metas e demandas voltadas à regulamentação e melhorias das agroindústrias familiares nos municípios.

Via Assessoria

Separamos Para Você

Rolar para cima