Veco Noticias

Em domingo de confusão no Maracanã, Vasco vence o Flu e é campeão da TG

Final começa com portões fechados, mas torcedores são liberados aos 30 minutos do 1º tempo após confrontos nos arredores do estádio; Danilo Barcelos faz o gol do título na reta final

É CAMPEÃO!

O Vasco x Fluminense da final da Taça Guanabara começou muito antes da bola rolar no Maracanã. Com a polêmica entre as duas equipes, com o setor sul como protagonista, a decisão deste domingo começou com portões fechados, teve confusão generalizada do lado de fora e terminou com festa da torcida vascaína nas arquibancadas: com gol de falta de Danilo Barcelos, a equipe de Alberto Valentim fez 1 a 0 e ficou com o título do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Vasco é campeão da Taça Guanabara

Vasco é campeão da Taça Guanabara (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

CONFUSÃO ANUNCIADA

O caos previsto no Maracanã se confirmou. Num primeiro momento, a decisão da final com portões fechados foi mantida. Com muitos torcedores do lado de fora, a confusão se iniciou praticamente no mesmo momento que a bola rolou. Após muita correria, gás de pimenta e bombas de efeito moral, o desembargador de plantão liberou a entrada, já com 30 minutos de bola rolando.

  • OS 90 MINUTOS

    Em meio ao caos do lado de fora, a bola rolou com o Maracanã vazio. E desde o início, obedecendo a ideia de jogo de Fernando Diniz, o Fluminense controlou a posse de bola (teve mais de 64% do tempo no 1º tempo) e criou a chance mais clara com Yony González, que parou na defesa corajosa de Fernando Miguel, que abafou o chute do colombiano e evitou o gol com o rosto.

    Everaldo perdeu chance clara no segundo tempo

    Everaldo perdeu chance clara no segundo tempo (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)

    O Vasco voltou para o segundo tempo com Rossi na vaga de Bruno César, mas ainda com dificuldades na criação. Do outro lado, o Fluminense colecionou chances desperdiçadas: Everaldo mandou por cima numa finalização na grande área (em lance parecido com o gol contra o Flamengo) e Luciano, livre, testou pela linha de fundo. E quem não faz… Na segunda bola que encontrou o gol de Rodolfo, Danilo Barcelos cobrou falta na área, a bola passou por todo mundo e encontrou a rede: gol, festa e título para a equipe de Alberto Valentim.

    Danilo Barcelos fez o gol do título do Vasco

    Danilo Barcelos fez o gol do título do Vasco (Foto: André Durão)

  • E TEVE VAR!

    Pela primeira vez na história do Carioca a arbitragem analisou as imagens com auxílio do árbitro de vídeo – o popular VAR. Aos 48 minutos do segundo tempo, após falta de Andrey em Calazans, o clima esquentou, com empurrão de Luciano, discussão do volante vascaíno… Bruno Arleu de Araújo foi avisado de uma irregularidade, consultou os lances na cabine ao lado do gramado e, na volta, expulsou Luciano e mostrou cartão amarelo a Andrey.

    PÚBLICO NO MARACANÃ

    Mesmo com polêmica e confusão, teve público no Maracanã para a final da Taça Guanabara:

    Público presente: 29.002

    Público pagante: 26.500

    Torcida entrou já com a bola rolando no primeiro tempo

    Torcida entrou já com a bola rolando no primeiro tempo (Foto: André Durão)

    Globo Esporte

 

Separamos Para Você

Rolar para cima