Veco Noticias

FC Cascavel aposta em retorno de dupla artilheira para semifinal contra o Coritiba

Recuperados, atacantes Ricardo Lobo e Lucas Tocantins voltam ao time para a decisão de domingo, no Olímpico. “É gratificante que eles possam estar bem”, comemora Paulo Foiani.

Lucas Tocantins e Ricardo Lobo retornam ao FC Cascavel: esperança de gols — Foto: Reprodução/RPC

Lucas Tocantins e Ricardo Lobo retornam ao FC Cascavel: esperança de gols — Foto: Reprodução/RPC

O retorno dos atacantes Ricardo Lobo e Lucas Tocantins é uma das apostas do FC Cascavel para a partida contra o Coritiba, no domingo, pela semifinal da Taça Barcímio Sicupira, do Campeonato Paranaense.

Os dois são os artilheiros do time na competição, com dois gols cada – o time marcou apenas três vezes sem eles em campo. Ele ficaram fora das últimas duas partidas da Serpente (na vitória sobre o Foz do Iguaçu e na derrota para o Maringá) por causa de contusões. A volta da dupla foi comemorada pelo técnico Paulo Foiani.

– Quando os dois participaram, nossa equipe teve uma desenvoltura melhor. É gratificante que eles possam estar bem e estar à disposição. Se eu for utilizá-los, que eles possam ir bem, como todo o elenco – comentou o treinador.

Contratado para ser o camisa 9 do FC Cascavel, Ricardo Lobo tinha ficado fora no início por causa de uma lesão muscular. Ele só estreou na terceira rodada e marcou os dois primeiros gols do time na competição, na vitória por 3 a 1 sobre o Londrina. Na partida seguinte, contra o Operário-PR, uma nova contusão o deixou fora das duas rodadas seguintes. Recuperado, o atacante celebrou o retorno para a semifinal.

– Estou voltando em um jogo importante. Tive condições de voltar a tempo para participar deste jogo. Atacante sempre tem essa pressão, comigo não é diferente. Eu gosto dessa pressão, dessa responsabilidade. Isso me dá mais vontade de poder estar em campo, de fazer gols e de ajudar minha equipe – disse Ricardo Lobo.

Coincidentemente, o atacante Lucas Tocantins só esteve em campo quando Ricardo Lobo atuou. Ele estreou saindo do banco de reservas na partida contra o Londrina, e depois foi titular diante do Operário-PR. Marcou um gol em cada jogo, mas acabou fora das duas partidas seguintes.

– O Tocantins é um atleta diferenciado dos demais que eu tenho. Ou tenho um com muita velocidade, um só com o confronto, um só com força. O Tocantins tem força, uma boa condução, tem velocidade e ainda uma ótima finalização. É uma pena que ele tenha essa sequência de lesões que está atrapalhando a carreira. Torço muito para que ele possa estar 100% e nos ajudar – avaliou o técnico Paulo Foiani.

Também de volta para o jogo contra o Coritiba, o goleiro Fernando reforçou o discurso e destacou o bom momento do setor ofensivo do FC Cascavel, que deve contar novamente com o trio Mateuzinho, Tocantins e Lobo.

– Todos os jogadores são importantes em uma equipe. Quando você tem jogadores como o Lobo, o Tocantins, o Mateuzinho, todos vivendo grande momento, para nós é de fundamental importância. O adversário se preocupa com isso. Para nós é bom. A melhor defesa é o ataque. Enquanto estiver atacando, não está sendo atacado – finalizou.

O FC Cascavel ficou com a primeira colocação no Grupo B, com 11 pontos e 61% de aproveitamento – também dono da melhor classificação geral. Foram três vitórias (Londrina, Operário-PR e Foz), dois empates (Toledo e Athletico) e apenas uma derrota (Maringá).

A semifinal contra o Coritiba está marcada para o próximo domingo, às 17h, no Estádio Olímpico. Os ingressos estão à venda. Quem passar fará a partida final jogando em casa.

Globo Esporte

Separamos Para Você

Rolar para cima