Veco Noticias

Tragédia em Brumadinho: 121 mortes confirmadas, 114 corpos identificados; 205 desaparecidos.

RESUMO

  • Início das buscas hoje foi suspenso por causa da chuva; chance de achar sobreviventes é mínima.
  • Barragem da Vale se rompeu no dia 25/1 em Brumadinho, MG; lama destruiu refeitório e prédio da mineradora, pousada, casas e vegetação.
  • Até agora: 121 mortos, 114 deles identificados; 205 desaparecidos.
  • Justiça de MG negou pedido de liberdade para os 5 presos: 3 funcionários da Vale e 2 engenheiros da TÜV SÜD. Eles foram detidos na terça (29) por suspeita de fraude em documentos que atestavam a segurança da barragem.

ACOMPANHE

Cristo Redentor é apagado durante missa em memória às vítimas de Brumadinho. Pouco antes da missa, a estátua ficou iluminada de verde e amarelo. A cerimônia foi presidida pelo cardeal-arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, e pelo reitor do Santuário, Padre Omar.

Neste domingo (3), pelo menos 30 pessoas tiraram a segunda via do documento com a isenção de todas as taxas em um posto montado pela Polícia Civil em Brumadinho. Também no local, os atingidos podem tirar a segunda via das certidões de nascimento, casamento e óbito. O serviço está sendo oferecido pelo sindicato dos oficiais de registro civil.

A volta às aulas nas escolas municipais de Brumadinho, prevista para esta segunda (4), foi suspensa por tempo indeterminado por causa da tragédia, segundo a prefeitura da cidade. O prefeito, Avimar Barcelos, disse que a previsão é que o ano letivo comece até 11 de fevereiro. Já nas estaduais, nada muda: 7 de fevereiro. Já as duas escolas particulares da cidade retornaram às aulas nesta segunda — decisão que foi apoiada por por pais de alunos, segundo a diretora de uma das escolas.

G1

Separamos Para Você

Rolar para cima